quarta-feira, agosto 5

Papel e Caneta.

Veja o verso que voa
O vento longe o soa
Volta vem veloz
As entrelinhas a agarrar.

Sempre entendes a mensagem
Finges que não é de verdade
Fazes malabarismos com a ingenuidade
Tua indiferença a me matar!

2 FAÇA UM COMENTÁRIO:

RST disse...

Nooossaa...quase uma Cruz e Sousa, "Vozes veladas, veludosas vozes,"

:D

*brincadeira...mas muito bom.

RST disse...

hehehe...sabia que haveria interpretações assim...
o meio não é equivalente a metade ou quantidade de felicidade, e sim a começo, 'meio' e fim(final feliz...meio feliz)...é só ler a estrofe do 'meio'...3 estrofes...enfim...
:D

*pois deveria achá-lo bom, todos aliás...eu sempre acho os meus...mesmo que não sejam, só assim me permito crescer :D

** poisé, coloquei pouco no perfil...mas manda o msn.
;*

Postar um comentário

 
;