terça-feira, agosto 4

Für wiedergeboren

Mima minha rima remota
Faz caretas e marmotas
Me aflige e me emudece as botas
Paro no degrau que nunca devia ter subido.

Segue no caminho inverso da prosa
Pois há solidão, mas não me apavora
Quis fazer o certo e hoje chora
Lágrimas de amor não correspondido!

3 FAÇA UM COMENTÁRIO:

RST disse...

Muito obrigada, gostei bastante do teu também...muito bom mesmo...olhei o perfil, temos umas coisas em comum...legal...tá nos meus links.;D

abraços

RST disse...

*belo poema :)

Helena de Oliveira disse...

mima minha rima remota!


Isso é musicalidade para meus olhos!
linda....

Postar um comentário

 
;